quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Coraline e o mundo secreto - eu quero ver!!!








A história de Coraline Jones e sua aventura pelo “Outro Mundo” foi criada e publicada por Neil Gaiman em 2002 sob o título Coraline, saltando direto para a lista de best-sellers do New York Times, vendendo mais de 1 milhão de cópias e sendo traduzida em 30 línguas. “Quis escrever um livro sobre o que significa ser corajoso. Trata-se de estar apavorado e fazer o que precisa ser feito, apesar do medo e dos obstáculos”, revela o autor. “Também quis expressar que, certas vezes, as pessoas que nos amam podem não nos dar toda a atenção de que precisamos, e certas vezes aqueles que nos dão toda a atenção necessária podem não nos amar de maneira saudável”. Enquanto escrevia a história, Gaiman acompanhava com interesse o trabalho do diretor e animador Henry Selick (“O Estranho Mundo de Jack”). “Henry estava no meu radar como uma surpreendente força criativa. Então, quando terminei o manuscrito de Coraline, pedi que meu agente o enviasse a Henry. Isso aconteceu em torno de 18 meses antes da publicação do livro.” Henry Selick revela: “Quando li o manuscrito, fiquei impressionado pela justaposição dos mundos – aquele em que vivemos e aquele em que a grama é sempre mais verde. Todo mundo pode se identificar com isso”. Uma semana depois de receber o material, Henry concordou em participar do projeto. “O produtor Bill Mechanic – que já havia trabalhado com ele – comprou os direitos do filme, e Henry começou a trabalhar imediatamente no roteiro”, conta Gaiman.

6 comentários:

Felipe Attie disse...

Sempre fui um admirador ferrenho do Sr. Gaiman. Mas acho que seu melhor livor chama-se Os Filhos de Anansi. Se não leu, leia. Estou pra ler Coraline desde que fora lançado e sempre adiei sua compra. Acho que chegou num ponto onde não posso mais adiar. Afinal, não quero ver o filme sem ler o livro.

Bom blog

Até...

Sheyla Amaral disse...

Também quero.

Fabrício Romano disse...

Que máximo isso. Quero ver, ler!!!

Beto Canales disse...

hummm... meu menino viu.
e gostou...

Luciano disse...

Em conhecendo o trabalho de ambos, tem tudo para ser uma ótima combinação.
Valu pelo post e pela dica, legal por aqui.

Barbara disse...

Eu vi!! E lembrei de você, te disse.
Passa uma mensagem legal...é bem bonitinho, algumas horas bobinho até, mas o cenário e os bonequinhos compensam alguns deslizes.
Agora o do Pit vc tem que ver...
'O Curioso caso de Benjamim Button', a história parece não ter nem pé nem cabeça (e não tem mesmo, e quem disse que precisa ter?). Achei tocante...começa fraquinho, mas uma história vai levando à outra que se desenbaraça na outrae enfim, o filme tem um desenrolar muito gostoso, é daquelas histórias que tem prendem, te puxam e te fazem acreditar que realmente aconteceu e que foi daquele jeito.

Beijos queridíssima!